3 de jul de 2018

Concurso CGE Ceará: comissão formada para Analista de Controle Interno!

Concurso CGE CE tem comissão formada!

Excelente notícia para os concurseiros da área fiscal! A Controladoria Geral do Estado do Ceará divulgou, no Diário Oficial do Estado, a comissão organizadora responsável pelo concurso CGE CE 2018! 
De acordo com o documento, a comissão é formada por cinco membros, sendo três deles da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) e dois da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag).

 Último Concurso CGE Ceará

Realizado em 2013, o último concurso CGE foi organizado pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).
Foram ofertadas 18 vagas para o cargo de Auditor de Controle Interno, nas especialidades de Auditoria Governamental de Processos com Foco em Riscos (8), Auditoria em Obras Públicas (6) e Auditoria em Tecnologia da Informação (4).

Detalhes concurso CGE Ceará:

  • Concurso: Controladoria Geral do Estado do Ceará (Concurso CGE CE)
  • Cargo: Analista de Controle Externo
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: Não informada
  • Situação: COMISSÃO FORMADA
  • Previsão p/ publicação do edital: 2018
  • Link do último edital

Concurso ALE RO divulga edital para nível médio e superior!


Assembleia Legislativa de Rondônia (Concurso ALE RO) divulgou no Diário Oficial Eletrônico Legislativo desta quinta-feira, dia 21 de junho, a prorrogação do período de inscrições em seu concurso público para preenchimento de 110 vagas em cargos efetivos do quadro especial da advocacia e permanente da Casa. 
Os interessados terão até às 16h do dia 19 de julho de 2018 para se inscreverem no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O valor da taxa de inscrição é de R$ 130 (advogado), R$ 115 (consultor), R$ 95 (analista) ou R$ 75 (assistente), de acordo com a função pretendida. O pagamento do valor da taxa poderá ser realizado até o dia 20 de julho de 2018.
O documento altera também a data de aplicação da prova objetiva do concurso, inicialmente prevista para o dia 19 de agosto. A decisão de alterar a data do concurso foi tomada após a publicação do edital da Polícia Federal que terá aplicação das provas no mesmo dia previsto anteriormente para a prova da ALE RO. 
“Muitos candidatos iriam ficar prejudicados, sem poder disputar as vagas ofertadas pela Assembleia Legislativa e também as da Polícia Federal, já que as provas estavam marcadas para o mesmo dia. Essa mudança na data foi levando em conta essa necessidade”, explicou o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho .
O certame vai ser o primeiro realizado pela Assembleia, em mais de 30 anos. Antes, foi aplicada uma prova interna, entre os servidores da Casa, no final da década de 1980. Serão 110 vagas, nos níveis médio e superior, com salário inicial de R$ 4,8 mil e de R$ 19,7 mil para advogado.

Cargos do concurso ALE RO

Benefícios oferecidos aos aprovados no concurso ALE RO

Requisitos e atribuições dos principais cargos

Assistente Legislativo – Sem especialidade

  • Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de ensino médio, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições: utilizar softwares para processamento de textos e elaboração de planilhas. Executar atividades de controle de entrada e saída de materiais. Organizar processos, anexar documentos e encaminhar para análise e decisão. Controlar arquivos e correspondências.
  • Vagas: 25 vagas

Analista Legislativo – Taquigrafia

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de qualquer curso de nível superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e certificação de qualificação profissional de curso livre em taquigrafia.
  • Atribuições: desempenhar atividades, de nível superior e especializado, envolvendo o registro taquigráfico com a presença in loco em sessões plenárias, comissões, solenidades e audiências, entre outras.
  • Vagas: 08 vagas

Consultor Legislativo – Assessoramento em Orçamentos 

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de qualquer curso de nível superior em nas seguintes áreas e suas ramificações: Administração; Ciências Contábeis; Direito; Economia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições: prestar consultoria e assessoramento, de nível superior e especializado, consistindo na prestação de consultoria e assessoramento em direito financeiro, planos, orçamentos públicos, fiscalização e controle à Comissão Permanente.
  • Vagas: 02 vagas

Consultor Legislativo – Assessoramento Legislativo

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de qualquer curso de nível superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Atribuições: prestar consultoria e assessoramento, de nível superior especializado, nas diversas áreas do conhecimento, à Mesa Diretora, às Comissões, aos parlamentares e aos demais órgãos institucionais, em sua função legislativa, parlamentar e fiscalizadora, no âmbito da Assembleia Legislativa.
  • Vagas: 04 vagas

 Advogado da Assembleia Legislativa – Inicial de R$ 19 mil (com benefícios)

  • Requisitos: nível Superior com bacharelado em Direito e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil, comprovando pelo menos 03 (três) anos de exercício de atividade jurídica.
  • Atribuições: prestar consultoria e assessoramento jurídico, de nível superior e especializado, a Assembleia Legislativa e seus órgãos. Coordenar grupos ou equipes de trabalho nas suas áreas de atuação. Atuar diretamente em juízo na defesa dos atos praticados por Parlamentares e servidores no exercício de suas funções, etc.
  • Vagas: 04 vagas

Benefícios oferecidos aos aprovados no concurso ALE RO

A remuneração inicial dos cargos tem como base o estabelecido no Art. 153 e parágrafo único, e a Lei Complementar nº 785, de 9 de julho de 2014. Além do vencimento, integram a remuneração os seguintes benefícios: auxílio alimentação no valor de R$ 200,00; auxílio-transporte no valor de R$ 200,00; e auxílio-saúde no valor de R$ 600,00.

Provas do concurso ALE RO

Os candidatos serão avaliados por meio de Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, além de Prova Escrita Discursiva, Prova Prática, Avaliação de Títulos e Prova Oral, de acordo com a função. O exame será aplicado em turnos distintos, sendo pela manhã do dia 19 de agosto de 2018 para Assistente Legislativo e Advogado e à tarde para Consultor Legislativo e Analista Legislativo. 
As provas objetivas e discursivas serão realizadas no estado de Rondônia, nas cidades de Ariquemes, Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena. As Provas Práticas serão realizadas exclusivamente na cidade de Porto Velho.

Sobre a ALE RO

A ALE tem atualmente cerca de 300 funcionários do quadro efetivo e até meados de 2018, pelo menos mais 200 devem passar para o quadro de inativos. Com isso, a Assembleia Legislativa enfrenta situação difícil com carência de servidores em todas as áreas. Para resolver a situação, está sendo feito o levantamento de necessidade de pessoal para convocação imediata e também para cadastro de reserva. Entre as vagas já definidas estão definidas para procurador. “Hoje, nós não temos ninguém na Procuradoria, que serão no mínimo 10 vagas, com salário base em torno de R$ 10 mil no mínimo. Terão vagas no setor administrativo, no centro médico, que hoje é em forma de portariados e a ideia é que sejam concursados, na assessoria de imprensa também teremos algumas. A certeza é que teremos no mínimo 100 vagas”, afirma o presidente.

Comissão concurso ALE RO

Por outro lado, na última semana, uma comissão interna na Assembleia Legislativa já foi nomeada para definir como acontecerá o concurso, o número de vagas e outros procedimentos necessários.
São seis servidores encarregados dos estudos iniciais, como a contratação da banca e necessidades dos setores administrativos.Confira:
ATO Nº 005/2017-MD/ALE
Cria e nomeia membros da Comissão de Acompanhamento do Concurso Público da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia e dá outras providências.
O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO, no uso de suas atribuições legais, Considerando o disposto no artigo 37, inciso II da Constituição Federal, que determina que a investidura em cargo público seja precedida de aprovação em concurso público de provas ou provas e títulos;
Considerando a existência no quadro de pessoal deste Poder Legislativo de vagas a serem preenchidas de acordo com as necessidades do serviço público; e Considerando os princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência dos atos administrativos;
R E S O L V E
Art. 1º. Criar a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, a qual será responsável pela supervisão, acompanhamento e fiscalização do referido concurso público, com objetivo de atestar toda a clareza e transparência do processo.
Art. 2º. Nomear os seguintes servidores para compor a Comissão:
I – Rafael Figueiredo Martins Dias – Presidente
II – Jorge Gomes da Silva – Vice-Presidente;
III – Miranilde Rodrigues do Nascimento Robles – 1ª Secretária;
IV – Leme Bento Lemos – 2º Secretário
V – Zamyrton Guimaraes da Rocha – Membro; e
V – Rubens Luz da Silva – Membro.
Art. 3º. Fica a Comissão autorizada a manter contatos com a empresa especializada que será contratada para realização do Concurso Público para estabelecer as condições de realização do mesmo, devendo informar e definir conjuntamente:
I – descrição dos cargos e referenciais salariais;
II – etapas do concurso;
III – etapas eliminatórias e classificatórias;
IV – os tipos de provas e avaliações; e
V – definir em conjunto o Cronograma de Execução do Concurso.
Art. 4º. Compete a Comissão de Acompanhamento do Concurso Público, acompanhar, supervisionar e fiscalizar sua realização, julgar os casos omissões ou duvidosos e coordenar as atividades necessárias ao bom andamento do Concurso.
Art. 5º. Compete ao Presidente da Comissão de Acompanhamento do Concurso Público, conduzir as suas respectivas reuniões e deliberações.
Art. 6º. Compete ao Secretário da Comissão de Acompanhamento do Concurso:
I – lavrar as atas dos trabalhos da Comissão, assinando-as conjuntamente com os demais membros;
II – propor ao Presidente as medidas adequadas ao
bom andamento dos trabalhos da Comissão; e
III – elaborar os relatórios, assinando-os conjuntamente com os demais membros, após suas deliberações e aprovação.
Art. 7º. O Concurso Público reger-se-á pelas disposições específicas do Edital, cabendo a Comissão nomeada por este Ato decidir sobre os casos eventualmente omissos e não previstos.
Art. 8º. Este Ato da Mesa Diretora entra em vigor na data de sua publicação.
Mesa Diretora, 20 de setembro de 2017

Detalhes concurso Assembleia Legislativa RO:

  • Concurso: Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE RO)
  • Banca organizadora: FGV
  • Cargos: Diversos
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 110 + CR
  • Remuneração: Inicial de até R$ 19 mil (com benefícios)
  • Inscrições: Entre 14 de maio e 04 de julho de 2018
  • Taxa de inscrição: R$ 130, R$ 115, R$ 95 ou R$ 75 
  • Data da prova objetiva: 26 de agosto de 2018