25 de set de 2015

Prefeitura de Brasiléia, no estado do Acre oferece 876 vagas para cargos de todos os níveis de ensino, com remuneração de até R$ 4.728,00.

A Prefeitura Municipal de Brasiléia, no Estado do Acre, lançou edital nº. 001/2015 para realização de concurso público oferecendo 876 vagas, sendo 211 imediatas e 665 para cadastro de reserva nos cargos de níveis fundamental, médio e superior.
A carga horária é de 25 a 40 horas semanais, com salários que variam entre R$ 788,00 e R$ 4.728,00. Do total de vagas, 5% são reservadas a os candidatos portadores de necessidades especiais.
As vagas oferecidas são para os cargos de gari, jardineiro, mecânico, merendeira, operador de máquina pesada, vigia, agente de endemias, auxiliar de serviços gerais, auxiliar administrativo, motorista, agente administrativo, auxiliar de consultório dentário, auxiliar de sala, educador social, auxiliar de farmácia, fiscal de obras, fiscal de tributos, fiscal sanitário, orientador social, professor, técnico em enfermagem, técnico em informática, técnico em segurança do trabalho, administrador, arquiteto, assessor jurídico, assistente social, biólogo, contador, economista, educador físico, enfermeiro, engenheiro civil, engenheiro sanitarista, farmacêutico, fisioterapeuta, gestor ambiental, médico clinico geral, médico do trabalho, médico veterinário, nutricionista, odontólogo, procurador jurídico, psicólogo e terapeuta ocupacional.
As inscrições somente serão efetuadas pela internet, no site www.brasileia.ac.gov.br com início às 8h do dia 25 de setembro às 23h59min do dia 21 de outubro de 2015. O valor da taxa de inscrição é de R$ 50,00 e 70,00 (nível fundamental), R$ 90,00 (nível médio) e R$ 120,00 (nível superior).
Para os candidatos que não dispuserem de acesso à internet será disponibilizado equipamento com acesso à internet na Secretaria Municipal de Administração, localizada na Av. José Rui Lino, 198 – centro, durante o período das inscrições, em horário de expediente da Prefeitura.
O concurso será de provas objetivas e títulos.
A entrega dos documentos (títulos) juntamente com o formulário de títulos preenchido e assinado também poderá ser feito por meio postal, através de Sedex a ser encaminhado à Prefeitura de Brasiléia, situada na Av. Rolando Moreira, nº 198, centro, durante o período de inscrições, através de cópia autenticada em cartório, este deverá ser entregue até a data limite para apresentação.
A prova objetiva será aplicada na data provável de 1 de novembro de 2015, no turno da manhã, terá início às 08h00min e término às 12h00min e das 14h00min e término às 18h00min. Os locais serão divulgados no mural público Prefeitura de Brasiléia-AC e nos sites www.calegario.com, e www.brasileia.ac.gov.br.
Os gabaritos preliminares serão publicados a partir das 17 horas do primeiro dia útil posterior ao dia da realização das provas nos sites www.calegario.com e www.brasileia.ac.gov.br.
A lista convocando os candidatos aos cargos de motorista, operador de máquinas e tratorista para a realização da prova prática será fixado no mural da Prefeitura de Brasiléia e constará no site www.brasileia.ac.gov.br e www.caleario.com.
O prazo de validade do concurso público será de dois anos contados da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por até igual período.
Edital publicado no Diário Oficial do Estado, de 25 de setembro de 2015, a partir da pág. 55.


Fonte EditalConcursos.com 

AS 20 REFLEXÕES SOBRE COMO ENFRENTAR A CRISE PARA VENDER MAIS

Veja algumas dicas de como enfrentar a crise e vender mais
1) Se o PIB vai cair 1%, foque nos outros 99%. Ainda são quase cinco trilhões “na mesa”. Qual será a sua fatia desse bolo?
2) Se sua empresa não está vendendo é porque tem algo errado em sua gestão. É melhor avaliar sua competência e desenvolver suas habilidades do que ficar culpando a crise.
3) Em momentos difíceis, os que estão mais preparados não ficam com medo das dificuldades, pois sabem como enfrentá-las. Esse é o período em que as empresas que fazem um trabalho sério se destacam.
4) Qual será a sua visão diante do mercado recessivo? Baixar a meta ou buscar formas diferentes de alcançá-la? As respostas para essas perguntas separam profissionais de alta performance dos profissionais de baixa performance.
5) Economia indo bem, economia indo mal, sempre tem empresa crescendo. Lembre-se disso e faça parte desse grupo mesmo com a crise.
6) Para se manter ativo durante a crise não basta apenas buscar novos clientes, é preciso criar ações para fidelizar quem já compra com você.
7) Aumente a frequência de contato com seus clientes para fortalecer o relacionamento. O contato não deve ter apenas viés comercial, mas sim informativo e educativo, para criar um elo com seu público. Isso vai ajudar a manter sua marca na mente do cliente.
8) Venda mais mix! Além do que os seus clientes atuais já compram, avalie se há mais itens do seu portfólio que poderiam servir para eles. Não é tempo de perder oportunidades!
9) Os clientes estão mais exigentes e a concorrência mais acirrada. Para se destacar, você precisa de um diferencial além do preço. A excelência no atendimento é o melhor caminho para isso. Você tem treinado sua equipe?
10) Quanto menor for a carteira de clientes do vendedor, melhor ele conseguirá gerenciar seus consumidores, vender o mix e se comunicar com eles. Analise de perto as carteiras dos profissionais da sua equipe e não deixe que elas cresçam demais.
11) Muita gente reclama que o governo não toma as atitudes necessárias para conter a crise. Mas será que você, aí em sua empresa, está tomando as decisões importantes para enfrentar o mercado recessivo?
12) Liderança não é um concurso de popularidade. Seu papel como líder é apontar a melhor direção, defendendo os interesses do grupo, e não interesses pessoais.
13) Ao invés de sair em uma caça sangrenta aos clientes, realize uma prospecção focada, pensando no seu perfil de cliente ideal (PCI). Para entender qual é este perfil, liste os seus cinco melhores clientes e enumere as características que eles têm em comum. Essas informações desenharão o seu PCI.
14) Vale mais a pena lutar por um cliente difícil que realmente trará resultados efetivos, do que ganhar vários clientes que não contribuirão em nada para o seu crescimento.
15) A perda de alguns clientes durante a recessão pode ser uma coisa boa. Esse é um excelente momento para permitir a rotatividade natural e, aí, quando for prospectar, procurar clientes que tenham o perfil exato que você quer.
16) Em tempos difíceis, o líder precisa ser uma referência de positividade para sua equipe. Se o líder começar a perder energia, passar a achar que não vai dar certo, contaminará a equipe imediatamente.
17) Não coloque todo o peso dos resultados sobre suas costas. Crie um comitê com os grandes líderes da empresa e tomem decisões em conjunto.
18) Manter uma atitude positiva não significa menosprezar as dificuldades, é uma questão de ter consciência da situação difícil, mas com confiança de que é possível superá-la.
19) Não foque apenas no trabalho operacional. Separe um tempo para pensar com calma nas estratégias necessárias para fortalecer sua equipe.
20) Cuide da sua alimentação, da sua saúde psicológica, emocional e física. Se você vai ser a referência de energia positiva esse ano, precisa estar bem como pessoa.
Fonte: Venda Mais

OS NOVOS COMPRADORES DE IMÓVEIS: SAIBA QUEM SÃO E SAIA NA FRENTE!

A Geração Y, ou Millenials, são jovens nascidos entre o final da década de  70 e meados de 90, ou seja, têm agora entre 20 e 36 anos. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos afirma que hoje cerca de 30% dos compradores de imóveis pertencem a essa geração, e mais de 75% dos compradores de imóveis de primeira viagem, ou seja, que estão adquirindo seu primeiro imóvel, pertencem à Geração Y.
É, portanto, um público bastante importante para o mercado imobiliário, e também um público com algumas peculiaridades de consumo que precisam ser bastante estudadas. Somente dessa forma é que as imobiliárias e construtoras poderão abordar esses jovens erealizar uma venda de forma efetiva.
Os Millennials não gostam de publicidade
Não adianta mostrar uma peça publicitária linda e maravilhosa para esses jovens. eles querem honestidade, o marketing boca a boca, e preferem ler reviews em blogs a acessarem banners e vídeos publicitários.
Eles não gostam de falar no telefone
Para contatar esse público, tecle! A Geração Y prefere aplicativos de mensagens, como o chat do Facebook e oWhatsapp a conversas no telefone.
Sustentabilidade
A Geração Y busca a sustentabilidade e é bastante engajado nessa causa. Imóveis que possuam aspectos sustentáveis são muito mais desejados que outros.

Localização
Eles se importam mais com a localização do imóvel do que com o imóvel em si. Isso porque, de novo a questão da sustentabilidade, eles preferem se deslocar por meios públicos, a pé ou de bicicleta. Um local pequeno, porém perto do trabalho, que forneça também supermercados e outras lojas por perto, pode ser uma melhor ideia que aquela casa grande, porém distante.
Home office
Eles trabalham muito em casa. Por isso, não dispensam um local para instalar um home office, ou mesmo, o home office já instalado.
Eles querem dar opinião
Não tenha uma conexão vertical, de vendedor para comprador, com jovens da Geração Y. Eles gostam de relações horizontais e de opinar sobre os imóveis, da mesma forma que o corretor.
Essas foram apenas algumas características da venda de imóveis para a Geração Y. Para saber o passo a passo para a realização dessas vendas, baixe o e-book gratuito disponibilizado pelo Blog Beview “Como Vender Imóveis para a Geração Y?”.


Fonte: MERCADO IMOBILIARIO