27 de fev de 2013

Inscrições abertas para nível superior. Até R$6.450


Começa nesta terça-feira, dia 26, o prazo para inscrição no concurso do Bando do Estado do Pará (Banpará) que oferta cinco vagas em cargos de nível superior. As oportunidades são para as funções de técnico em informática (desenvolvimento de sistema e acompanhamento de projetos, suporte e banco de dados), engenheiro eletricista e médico do trabalho. O vencimento é de R$2.614,91 a R$6.450, para uma carga de trabalho de 30h semanais. A contratação será feita através do regime celetista e concurso será válido por um ano, podendo dobrar.

As inscrições estão abertas até o dia 26 de março no site da Empresa de Seleção Pública e Privada (ESPP), organizadora. O valor da taxa é de R$85 devendo ser paga até a data de vencimento indicada no boleto, em qualquer agência bancária. Portadores de deficiência e pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderão solicitar isenção da taxa nas próximas terça, 26, e quarta- feiras, 27, no site da organizadora. Estes candidatos deverão enviar, por meio de Sedex, até o dia 28 deste mês, o formulário de inscrição presente no site da organizadora e o original ou a cópia autenticada do laudo médico comprobatório para a sede da ESPP, situada na Rua Waldomiro Gabriel de Mello, 86, Cep: 06763-020, Taboão da Serra, SP. O resultado dos pedidos será divulgado em 14 de março, no site da organizadora, e os locais de prova prova poderão ser consultados a partir do dia 22 de abril.

Os candidato realizarão prova objetiva e avaliação de títulos. O exame objetivo está marcado para o dia 28 de abril. A prova cobrará conhecimentos sobre as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. O gabarito será divulgado até as 18h do dia 29 de abril, no site da organizadora. Para ser aprovado, será preciso alcançar a pontuação mínima exigida para cada disciplina e ao menos 55 pontos, de um total de 100. O envio dos dados para a avaliação de títulos, que valerá até cinco pontos, deverá ser feito no site ESPP nos dias 23 e 24 de maio. O formulário preechido deverá ser impresso e enviado, juntamente com os documentos informados, para o endereço da organizadora. A postagem deverá ser feita por meio de Sedex, até 25 de maio. A data de divulgação do resultado não foi informada pela organizadora.


Fonte: Folha Dirigida.

Edital da SERPRO com 360 vagas, mais cadastro! Iniciais de até R$5.203.


Divulgado no DOU desta quarta, dia 27 de fevereiro, o edital do aguardado concurso que visa ao preenchimento de 360 vagas imediatas no Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), além de formação de cadastro reserva para futuras convocações. Do total de oportunidades, 147 serão para o cargo de técnico (nível médio ou médio/técnico) e 213 para analista (formação superior, em diversas especialidades). O analista que cumprir 30 ou 40 horas de trabalho semanais receberá R$5.203,90, com gratificação já incluída. Para os que trabalharem 20 horas, o valor será de R$2.601,95. Já os técnicos terão ganhos de R$2.339,11, para carga de 40 horas por semana.Os contratados poderão desfrutar de auxílios-alimentação e creche, plano de saúde, entre outros. Os profissionais serão contratados pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).
As inscrições estarão abertas a partir das 10h do dia 7 de março, com atendimento até o dia 27 do mesmo mês, no site do Cespe/UnB, organizador da seleção. A taxa de participação será de R$60 (técnico) e R$95 (analista). As provas estão marcadas para o dia 5 de maio e serão aplicadas na capital federal e em 22 capitais de estado: Aracaju/SE, Belém/PA, Boa Vista/RR, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, João Pessoa/PB, Maceió/AL, Manaus/AM, Natal/RN, Porto Alegre/RS, Porto Velho/RO, Recife/PE, Rio Branco/AC, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Luís/MA, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vitória/ES. O concurso terá validade de um ano, que poderá ser prorrogada uma única vez e pelo mesmo período. 
Serviço

Divina Calçados abre vaga para vendedora, em Rio Branco.


A loja de calçados Divina, localizada na rua Quintino Bocaiúva, Nº1323, no bairro do Bosque, abriu vaga para contratação imediata de vendedora. As interessadas devem se dirigir à loja, com currículo ou enviar por e-mail para análise da empresa. O endereço eletrônico é divinaac@hotmail.com.
A loja fica ao lado da loja Maria Mariá, no Bosque.

Processo seletivo para monitor de qualificação profissional no Acre.


A Secretaria de Estado da Gestão Administrativa do Acre, abriu processo seletivo para o provimento de vagas para monitores de qualificação profissional de nível superior e/ou médio, para atender as necessidades temporárias do PROJOVEM Urbano (Programa Nacional de Inclusão de Jovens). As inscrições serão feitas gratuitamente, do dia 27 de fevereiro a 01 de março, das 8 h às 12 h e das 14 h às 17 h.
O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado do 21 de fevereiro de 2013, edital Nº. 030/SGA/SEE/2013.
O salário é de até R$ 1.300,00 por jornada de trabalho de 25 horas semanais.

Veja os locais de inscrição:
RIO BRANCO - Secretaria de Estado de Educação e Esporte - Coordenação da Educação de Jovens e Adultos, situada à Rua Rio Grande do Sul, nº 1907, Bairro Volta Seca, Fone: (68) 32132347/ 32132368;
SENA MADUREIRA - Núcleo de Educação da SEE, situado na Av. Avelino Chaves, nº 690, Bairro Centro, Fone: (68) 3612-2423;
FEIJÓ - Núcleo de Educação da SEE, situado na Av. Marechal Deodoro, nº 1140, Tel: (68) 3463-2132;
TARAUACÁ – Núcleo de Educação da SEE, situado à Rua Justiniano de Serpa, s/n – Centro, Fone: (68) 3462- 1328;
CRUZEIRO DO SUL – Núcleo de Educação da SEE, situado à Rua Djalma Dutra, nº 132, Bairro Centro, Fone: (68) 3322-2471.

Prefeitura de Epitaciolandia Realiza concurso para professor.


Segundo o EDITAL Nº 01/PME/SEMED/2013, 22 DE FEVEREIRO DE 2013, publicado do DIARIO OFICIAL do dia 27/02, a Prefeitura de Epitaciolandia estará realizando PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E AS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL DA ZONA URBANA, AGENTE ADMINISTRATIVO E AUXILIAR OPERACIONAL DE SERVIÇOS DIVERSOS.
As inscrições deverão ser realizadas no Centro de Cultura e Florestania Raimundo Nonato da Rocha.


DUETI Assessoria contábil abre 2 vagas.


Mais uma boa oportunidade!!!
A DUETI Assessoria contábil, tributária e previdenciária oferece 01 vaga para estágio e 01 para efetivo.
Horário de trabalho: Matutino (08 às 12h) e/ou vespertino (14 às 18h). Preferência por candidatos com disponibilidade integral (matutino e vespertino)
Requesitos: alunos do 1º ao 8º período - curso de Ciências Contábeis.
Interessados enviar currículo para fabio@grupodueti.com.br.

432 vagas são abertas para o Instituto de Assistência aos Municípios


Atenção!!!
O Instituto Científico Educacional de Assistência aos Municípios (Iceam.gov), abriu nesta sexta-feira (22) as inscrições do concurso público para 432 vagas – 189 imediatas e 243 para formação de cadastro de reserva. 
As vagas são para todo o país. As inscrições vão até 22 de março e a prova acontece no dia 23 de junho. Os cargos são de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 1.017 a R$ 3.051.
Os cargos são de auxiliar de serviços gerais I, com salário de R$ 1.017; auxiliar administrativo I, com salário de R$ 1.017; técnico administrativo I, com salário de R$ 1.695; e gerente administrativo I, com salário de R$ 3.051.
A taxa é de R$ 50 para nível fundamental incompleto, de R$ 60 para nível fundamental completo, R$ 70 para nível médio e de R$ 100 para nível superior.
As provas objetivas e discursivas ocorrerão nas 27 capitais, às 14h, no dia 23 de junho.

26 de fev de 2013

Santo remédio...

Médico: 
"Sim, o que aconteceu?"
Mulher:

"Doutor, eu não sei o que fazer.
Toda vez que meu marido chega em casa bêbado, ele me bate.
Me dá muita porrada!"

Médico:

"Eu tenho um remédio muito bom para isso.
Quando seu marido chegar em casa embriagado,
basta pegar uma xícara de chá de camom ila e começar a gargarejar...
Apenas gargareje e gargareje que vai dar certo..."

E
,incrédula questiona:
"Doutor, gargarejar chá vai acalmar meu marido que chega bêbado e violento?"


Respondeu o paciente médico:

"Aprendi com a minha avó.
Apenas faça isto, gargareje e gargareje..."

Duas semanas depois, ela retorna e parece ter nas cido de novo.

"Doutor, Isso foi uma ideia brilhante!
Toda vez que meu marido  chegou em casa bêbado,
eu gargarejei muitas vezes com chá e ele não me bate mais...
Será que a simpatia esta fazendo efeito, Doutor ?"

E o sábio médico responde:

"Você viu como calar a boca ajuda ?"

Binóculo!!!


O cara, vendo o vizinho do prédio ao lado na varanda, puxou conversa:
– Ô vizinho! Quando é seu aniversário?
– Em maio. Por quê?
– É que eu vou te dar uma cortina de presente pra você colocar no quarto. Não aguento mais ver você e sua esposa transando em plena luz do dia!
Aí o outro perguntou:
– E o seu, quando é?
– Em setembro, por quê?
– Vou te dar um binóculo, pra você ver direito de quem é a esposa!...

25 de fev de 2013

Análise de Custos


A análise de custo também é componente fundamental para a tomada de decisão do administrador. No curto prazo, ela o auxilia a planejar o nível mais lucrativo de produção e, no longo prazo, é importante para decisões quanto ao aumento ou redução do tamanho da empresa.

Curto Prazo x Longo Prazo:

Curto Prazo
Entende-se por curto prazo o período no qual a empresa pode alterar um ou alguns, mas não todos, insumos. Por exemplo, no curto prazo, uma empresa pode contratar mais funcionários e comprar mais matéria-prima, mas mantém inalterada sua planta produtiva e a quantidade de equipamentos.

Longo Prazo:

O longo prazo diz respeito à situação na qual todos os insumos podem ser alterados. Isto é, a empresa pode, além de contratar mais funcionários e comprar mais matéria-prima, aumentar ou diminuir a sua planta produtiva e a quantidade de equipamentos.
Comentário: A partir da definição de curto e longo prazo, depreende-se que, primeiro, a empresa esgota as possibilidades de produção alterando apenas alguns insumos, como matéria-prima e funcionários (curto prazo), para só depois modificar os demais insumos, como planta produtiva e bens de capital (longo prazo).

Custo
O custo de algo pode ser entendido como uma medida do sacrifício ocorrido para se fazer algo. Podemos classificá-lo segundo a finalidade para a qual as informações são usadas (contábil e econômico) e a possibilidade de alteração do curto prazo (fixo e variável).

Custo Contábil
Entende-se por custo contábil a quantia desembolsada pela empresa para produzir. O custo contábil é apurado para fins de relatórios financeiros.

Custo Contábil = Custos Explícitos

Exemplo: Uma empresa obteve receitas no valor de R$ 10.000,00, pagou R$ 4.000,00 de aluguéis e R$ 5.000,00 de salários. Determinar o custo e o lucro contábil.
Resolução:
Custos contábeis de R$ 9.000,00 (R$ 5.000,00 + R$ 4.000,00) e lucro contábil de R$ 1.000,00 (R$ 10.000,00 – R$ 9.000,00).

Custo Econômico
O custo econômico é avaliado para fins de tomada de decisão. Inclui, além do custo contábil (custo explícito), os custos implícitos, que compreendem os custos de oportunidade do tempo e do capital investido na produção.

Custo Econômico = Custos Explícitos + Custos Implícitos

Exemplo: Mister X era funcionário de uma empresa de informática e ganhava R$ 36.000,00 por ano. Ele decidiu abrir seu próprio negócio e investiu R$ 50.000,00 de suas economias, que poderiam ser aplicados à taxa de 10%a.a. No primeiro ano, a empresa obteve receita de R$ 81.000,00 e custos explícitos de R$ 40.000,00. Determinar o custo e o lucro econômico e comparar com o custo e o lucro contábil.
Resolução:
§ Custos contábeis de R$ 40.000,00 (custos explícitos).
§ Custos econômicos de R$ 81.000,00 (custos explícitos + custos
implícito)
- Custos explícitos = R$ 40.000,00
- Custos implícitos = R$ 41.000,00 (R$ 5.000,00, do capital investido, + R$ 36.000,00, do tempo ou salário abdicado).
§ Lucro contábil = R$ 41.000,00 (R$ 81.000,00 – R$ 40.000,00)
§ Lucro econômico = R$ 0 (R$ 81.000,00 – R$ 81.000,00)
Comentário: o lucro econômico é a diferença entre a receita e o custo econômico.

Custos Fixos (CF): são aqueles que não se alteram no curto prazo. Ou seja, não variam quando se aumenta ou reduz a produção.

Custos Variáveis (CV): alteram-se no curto prazo e, portanto, variam à medida que a produção da empresa aumenta ou diminui.

Comentário: O Custo Total (CT), no curto prazo, é a soma dos custos fixos com os custos variáveis.

Custo Total = Custos Fixos + Custos Variáveis

Exemplo: A Empresa W Ltda. paga R$ 10.000,00 pelo aluguel de equipamentos (leasing operacional com contrato de 2 anos) e R$ 20.000,00 pelo aluguel de instalações (contrato de 2 anos). Além disso, paga R$ 2.000,00 de salário, para cada um de seus 20 funcionários, e R$ 5.000 para cada lote de matéria-prima empregada (atualmente emprega 10 lotes na produção). Determinar o valor dos custos fixos, dos custos variáveis e do custo total.
Resolução:
§ Custos Fixos: R$ 30.000,00 (R$ 10.000,00, do leasing + R$ 20.000,00, aluguel das instalações).
§ Custos Variáveis: R$ 90.000,00 (20 x R$ 2.000,00 + 10 x R$ 5.000,00).
§ Custo Total: R$ 120.000,00 (R$ 30.000,00 + R$ 90.000,00).
Comentário: No longo prazo todos os custos são variáveis. Então, o custo total pode ser escrito como: Custo Total = Custos Variáveis.

Funções de Custo Total, Médio e Marginal:

Uma função de custo é uma relação matemática que indica o custo mínimo possível para produzir determinada quantidade de um bem ou serviço.

C = f (Q)

Função de Custo Médio:
Define o custo por unidade de produto. Em outras palavras, é a razão do custo pela quantidade produzida.

No horizonte de curto prazo, o custo médio por ser dividido em Custo Fixo Médio F C e Custo Variável MédioCV . A soma de CF com CV resulta no Custo Total Médio CT.

Função de Custo Marginal:
Define o quanto se adiciona ao custo quando se produz uma unidade adicional de um bem ou serviço.

Curva de Oferta da Empresa Competitiva no Curto Prazo:

A Curva de Oferta da empresa, no curto prazo, equivale à curva de custo marginal tomada a partir do segundo ponto, já que a empresa não teria incentivo econômico para produzir quantidades inferiores.

A Oferta no Longo Prazo:

Com a premissa de que o mercado é perfeitamente competitivo, no longo prazo, o Custo Marginal se iguala ao Custo Total Médio (Cm = CT ) , ou seja o lucro da empresa é igual a zero (L = 0) .
Cabe destacar que a possibilidade de lucro zero (lucro econômico igual a zero) no longo prazo não significa que as empresas não terão interesse em permanecer no mercado, uma vez que o custo marginal já incorpora a taxa de retorno esperada do capital (custo de oportunidade da economia). Dessa forma, o lucro econômico positivo significa estar acima do custo de oportunidade da economia, o que atrai novos concorrentes no mercado.

No longo prazo, como todos os custos são variáveis, para a empresa, valerá a pena produzir se R> ou = CT.
A Curva de Oferta no longo prazo será equivalente à Curva de Custo Marginal acima do ponto onde (Cm = CT ) .

Comentário: No longo prazo, só vale a pena a empresa produzir se a Receita for igual ou maior que Custo Total.



Adptado do Professor Marcelo Menezes Saraiva, por MSC. Idaildo Souza

EFEITO RENDA E EFEITO SUBSTITUIÇÃO.


A alteração de preço de um produto pode provocar basicamente dois efeitos. Um relacionado à variação da renda real (efeito renda) do consumidor e outro relacionado à substituição de um bem por outro (efeito substituição).

Efeito Renda
Efeito renda é aquele provocado no poder aquisitivo do consumidor quando o preço de um bem varia. Por exemplo, a diminuição do preço do arroz provoca aumento da renda real do consumidor, uma vez que ele poderá comprar mais unidades do bem.

Efeito Substituição
A redução de preço de um bem pode provocar mudança no comportamento do consumidor, que pode consumir menos unidades de um outro bem, chamado substituto, cujo preço não tenha diminuído. Dessa forma, parte do consumo do bem que não sofreu redução de preço é substituído por aquele que a tenha sofrido. Esse efeito recebe o nome de Efeito Substituição.

Terra Legal não resolve imbróglio fundiário na Amazônia


* Ecio Rodrigues


Instituído em meio a grande polêmica, o Programa Terra Legal, do governo federal, não consegue avançar para solucionar o antigo e extremamente grave problema fundiário da Amazônia. Desde 2009, quando o programa foi implantado pela via do autoritarismo que cerca a edição de medidas provisórias pelo Executivo, tem-se discutido muito, polemizado bastante, mas não se resolveu quase nada.
À época, sob a tutela da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, então ocupada por Mangabeira Unger, chegou-se a conclusão (evidente, diga--se) de que as dúvidas jurídicas relacionadas à propriedade das terras em regiões como a Amazônia se configurava no maior e mais elementar entrave para se pôr em prática qualquer tipo de modelo de desenvolvimento.
Como sempre, o problema real estava (e permanece) na Amazônia, mas a incapacidade intrínseca da tecnocracia de Brasília para a objetividade fez com que o programa tivesse abrangência nacional. Talvez esteja aí o primeiro grande equívoco, uma vez que, diferentemente do que acontece nas outras regiões, na Amazônia o processo de desenvolvimento ainda se encontra em franca discussão.
A insegurança jurídica leva o pretenso proprietário a assumir duas atitudes perigosas, que obstam qualquer tipo de projeto de desenvolvimento regional.
Por um lado, ele hesita em tomar qualquer decisão de investimento, já que receia vir a perder a posse da terra. Como consequência, não aplica o dinheiro que ganha com a exploração da propriedade rural na consolidação desta e na ampliação do seu valor patrimonial.
Por outro lado, numa atitude ainda mais prejudicial para o processo de desenvolvimento, ele se exime de qualquer responsabilidade sobre a forma de exploração dos recursos florestais ali presentes. Afinal, não considera a terra que ocupa como seu efetivo patrimônio.
Desmatamento e queimada, problemas que chamaram a atenção do mundo para a Amazônia, são conseqüências dessa isenção de responsabilidade. Ora, como o seu direito de propriedade não é reconhecido, o suposto proprietário não pode ser imputado, seja sob o ponto de vista civil, seja sob o criminal, pelas irregularidades cometidas na exploração da terra.
Numa espécie de pressão equivocada por parte de ambientalistas desinformados e mesmo (o que é de espantar) por parte da pasta de Meio Ambiente do próprio governo federal, a Medida Provisória 458, que instituiu o Terra Legal, foi apelidada de “MP da Grilagem”.
Especulou-se, com apoio rápido e manifesto de uma mídia igualmente pouco informada, que a regularização fundiária promovida por meio da referida MP resultaria em distribuição de terra, ou melhor, no reconhecimento da propriedade de grileiros - que, por sua vez, teriam usurpado a terra de pequenos produtores pobres e desamparados. (Costuma-se defender um ideal de pequeno produtor que, muitas vezes, não passa de um ideal mesmo).
Para responder à pressão generalizada dos que achavam a regularização fundiária (pasme-se) desnecessária, o governo estabeleceu um rol de regras, a fim de assegurar que nenhum grileiro – veja bem, nenhum! – fosse beneficiado pelo processo de regularização.
No final das contas, o resultado (previsível) foi que nem o grileiro, nem o pequeno produtor ideal, nem o pequeno produtor real, nem o médio e nem o grande produtor tiveram suas propriedades regularizadas, uma vez que o governo não conseguiu superar as regras que ele mesmo instituiu.
Sem a regularização fundiária não haverá modelo de desenvolvimento amazônico baseado na floresta. A conclusão é que continuaremos a esperar a divulgação da taxa anual de desmatamento.




 * Professor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Engenheiro Florestal, Especialista em Manejo Florestal e Mestre em Economia e Política Florestal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Doutor em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (UnB).

Restrição Orçamentária.


Os recursos disponíveis são escassos. Assim, de uma forma geral, não podemos consumir bens e serviços na quantidade que gostaríamos. O nosso salário é um bom exemplo de uma limitação com a qual somos obrigados a conviver. Nós não podemos gastar mais do que ganhamos. Em economia, essa limitação recebe o nome de Restrição Orçamentária.
A equação de restrição orçamentária de um indivíduo que possui uma renda R e consome uma cesta formada por dois bens 1 e 2 pode ser escrita na forma: P1Q1 + P2Q2 = R.

Comentários:
(i) Todos os pontos que se encontram abaixo da curva de restrição orçamentária representam possibilidades de consumo, entretanto, por não representarem situações em que os recursos orçamentários sejam utilizados em sua totalidade, não constituem pontos ótimos de consumo. Conseqüentemente não maximizam o bem-estar do consumidor.
(ii) Os pontos que se encontram acima da curva de restrição orçamentária representam impossibilidades de consumo, tendo em vista a indisponibilidade de recursos orçamentários.
(iii) O ponto ótimo de consumo é justamente aquele no qual os recursos orçamentários são utilizados em sua plenitude e que os bens sejam consumidos na proporção desejada pelo consumidor, de modo a maximizar o seu bem-estar. O ponto que concilia essas duas condições é justamente aquele em que a curva de restrição orçamentária tangencia a curva de indiferença.

Tipos de Bens.


Em economia, costuma-se classificar os bens de acordo com o seu comportamento frente à variação de preços e renda.

Quando ocorre variação na renda, podemos classificar os bens em:

Bens normais: são aqueles cuja demanda aumenta quando a renda cresce.
Exemplo: o crescimento da renda dos trabalhadores provoca aumento da demanda por perfumes.
Bens inferiores: são aqueles cuja demanda diminui quando a renda cresce.

Exemplo: normalmente quando os bens atingem o fim do seu ciclo de vida passam a se comportar como bens inferiores. O televisor em preto e branco pode ser dado como exemplo. Com o surgimento do televisor em cores, mesmo o aumento de renda não foi capaz de aumentar a demanda por televisores em preto e branco, uma vez que ele representava uma tecnologia ultrapassada. A carne de segunda poderia ser um outro exemplo. Em geral, os bens de baixa qualidade possuem esse comportamento.

Quando a variação se dá em função do preço do bem, a classificação deles será: 

Bens complementares: são bens consumidos conjuntamente (exemplo: café é açúcar).
Exemplo: um aumento no preço do café tenderia a reduzir não só a sua quantidade demandada, mas também a do seu complementar, o açúcar.
Bens substitutos: são bens consumidos concorrentemente (exemplo: carne e frango).
Exemplo: um aumento no preço da carne tenderia a reduzir a sua quantidade demandada e aumentar a do seu substituto, o frango.
Bens comuns: são aqueles cuja quantidade demandada aumenta quando os preços diminuem. É a própria Lei da Demanda, que será
Exemplo: a maioria dos bens obedece a essa regra.
Bens de Giffen: são aqueles cuja quantidade demandada aumenta quando os preços aumentam.
Exemplo: são raros os exemplos de bens de Giffen. O pão para os consumidores de baixa renda pode ser considerado um bem de Giffen.
Comentário: Para os bens de Giffen, o efeito renda é muito superior ao efeito substituição.

ESCOLA NEOCLÁSSICA


A Economia Neoclássica é uma corrente de pensamento econômico, para qual o Estado não deveria se intrometer nos assuntos do mercado, deixando que ele fluísse livremente, ou seja, o Liberalismo econômico.
Surgida em fins do século XIX com o austríaco Carl Menger (1840-1921), o inglês William Stanley Jevons (1835-1882) e o suíço Léon Walras (1834-1910). Posteriormente, se destacaram o inglês Alfred Marshall (1842-1924), o sueco Knut Wicksell (1851-1926), o italiano Vilfredo Pareto (1848-1923) e o estadunidense Irving Fisher (1867-1947).
Pode ser dividida entre diferentes grupos, como a escola Walrasiana, a escola de Chicago, a escola austríaca. O modelo de Macroeconomia proposto pelos clássicos, que acreditavam na “mão invisível” do mercado, consagraram três princípios como fundamentos da macroeconomia:
• As forças de mercado tendem a equilibrar a economia a pleno emprego, ou seja, quando a demanda e a oferta por mão-de-obra se igualam;
• As variáveis reais da economia e os preços relativos seguem trajetórias diferentes e independentes da política monetária, ou seja, a quantidade de moeda não afeta a capacidade produtiva e laboral de uma economia;
• A quantidade de moeda afeta apenas o nível geral dos preços.

Desenvolvimento Tecnológico

Para os economistas filiados à esta corrente, o progresso técnico torna o fator trabalho mais produtivo e, desde que a oferta de trabalho reaja positivamente ao salário-real, elevará o nível de emprego e o salário real e levar a uma queda no nível de preços.
As teses do liberalismo Econômico foram criadas no século XVIII com clara intenção de combater o mercantilismo, cujas práticas já não atendiam às novas necessidades do capitalismo. O pressuposto básico da teoria liberal é a emancipação da economia de qualquer dogma externo a ela mesma.
Os economistas do final do século XVIII, eram contrários a intervenção do Estado na economia. Para eles o Estado deveria apenas dar condições para que o mercado seguisse de forma natural seu curso.
Um dos principais pensadores da época foi François Quesnay, que apesar de médico na corte de Luiz XV teve contato com as ideologias econômicas. Em sua teoria afirmava que a verdadeira atividade produtiva estava inserida na agricultura.
Para Vincent de Gournay as atividades comerciais e industriais deveriam usufruir de liberdade para o melhor prosseguimento em seus processos produtivos, para alcançar assim uma acumulação de capitais.
O criador da teoria mais aceita na economia moderna, nesse sentido, foi sem dúvida Adam Smith, economista Escocês, que desenvolveu a teoria do liberalismo, apontando como as nações iriam prosperar. Nela ele confrontou as idéias de Quesnay e Gournay, afirmando que a desejada prosperidade econômica e a acumulação de riquezas não são concebidas pela atividade rural e nem comercial. Para Smith o elemento de geração de riqueza está no potencial de trabalho, trabalho livre sem ter, logicamente, o estado como regulador e interventor.
Outro ponto fundamental é o fato de que todos os agentes econômicos são movidos por um impulso de crescimento e desenvolvimento econômico, que poderia ser entendido como uma ambição ou ganância individual, que no contexto macro traria benefícios para toda a sociedade, uma vez que a soma desses interesses particulares promoveria a evolução generalizada, um equilibrio perfeito.

Ideais

Defendiam a Livre concorrência, a Lei da oferta e da procura e foram os primeiras a tratar a economia como ciência.
1) O mercado livre, no âmbito da economia de mercado, é um princípio capitalista pelo qual qualquer agente económico é livre para praticar formas de troca mercadologica seguindo os princípios da livre concorrência, oferta e procura num mercado. Um comerciante pode oferecer melhores preços que outro visando atrair o consumidor e adquirir uma clientela.
Esse princípio favorece o cliente, que pode escolher a melhor oferta, e tem a sua disposição comerciantes interessados em seu poder de compra. É o oposto do monopólio comercial, muito comumente praticado durante a fase do mercantilismo, em meados do século XV.
2) Em economia, a Lei da Oferta e Procura , também chamada de Lei da Oferta e da Demanda é a lei que estabelece a relação entre a demanda de um produto - isto é, a procura - e a quantidade que é oferecida, a oferta. A partir dela, é possível descrever o comportamento preponderante dos consumidores na aquisição de bens e serviços em determinados períodos, em função de quantidades e preços. Nos períodos em que a oferta de um determinado produto excede muito à procura, seu preço tende a cair. Já em períodos nos quais a demanda passa a superar a oferta, a tendência é o aumento do preço.
A relação atrás descrita, pode ter um efeito mais ou menos proporcional, dependendo da elasticidade do produto. Por isso, tal relação de variação relativa, descrita no parágrafo anterior, nem sempre é válida. Por exemplo, se um produto tiver uma elasticidade-preço infinitamente rígida, significa que o preço não variará em função da quantidade procurada do produto, traduzindo-se essa função por uma recta horizontal. Em bens essenciais, tal relação é inversa, ou seja, o preço pode variar infinitamente que a quantidade procurada para consumo desse bem pouco será afectada e, neste caso, a função da procura é representada por uma recta vertical. A maior ou menor elasticidade, de um produto, pode ser avaliada gráficamente, pela tangente da função. Quanto mais as funções da oferta ou da procura, se aproximarem das situações limite (verticalidade ou horizontalidade), maior será a rigídez do produto face ao preço ou à quantidade. Este conceito de elasticidade também se aplica à relação entre produtos substitutos e complementares. Neste caso, diz-se que estamos em presença de elasticidade cruzada. A elasticidade cruzada estabelece a relação de influência que um determinado produto tem sobre o seu complementar ou substituto. No caso em que o aumento do preço de um determinado produto, provoque um aumento de quantidade procurada, no seu substituto, diz-se que estamos em presença de uma elasticidade cruzada positiva. Por outro lado, quando em presença de um produto, em que a diminuição do seu preço, provoque um aumento de quantidade procurada, do seu complementar, por exemplo, então diz-se que estamos em presença de uma elasticidade cruzada negativa. Quando não existe qualquer relação de substituição ou complementaridade entre produtos, então o efeito de variação de um deles não causará qualquer impacto sobre o outro, dizendo-se, neste caso, que a elasticidade cruzada é nula.
A estabilização da relação entre a oferta e a procura leva, em primeira análise, a uma estabilização do preço. Uma possível concorrência, por exemplo, pode desequilibrar essas relações, provocando alterações de preço.
Ao contrário do que pode parecer a princípio, o comportamento da sociedade não é influenciado apenas pelos preços. O preço de um produto pode ser um estímulo positivo ou negativo para que os consumidores adquiram os serviços que necessitam, mas não é o único.
Existem outros elementos a serem considerados nesta equação, entre eles:
• Os desejos e necessidades das pessoas;
• O poder de compra;
• A disponibilidade dos serviços - concorrência;
• Existência de produtos complementares ou substitutos;
• A capacidade das empresas de produzirem determinadas mercadorias com o nível tecnológico desejado.
Da mesma forma que a oferta exerce uma influência sobre a procura dos consumidores, a freqüência com que as pessoas buscam determinados produtos também pode aumentar e diminuir os preços dos bens e serviços.

Representação Cartográficas e explicação

O preço não reflete apenas o custo de criação de um produto ou serviço. A base desta lei vem para citar os dois fatores que influem no preço de um produto, fator quantitativo e qualitativo.
Valores qualitativos: valor não expressado diretamente em número, pode ser atribuído a um crescimento de consumo em algum produto, que por sua vez pode ser devido a monopólio natural(concessionárias de energia elétrica), necessidades e desejos pessoais(carros,moda, beleza, alimentos, etc.) ou também por questões de economia individual(por exemplo, a procura do álcool, que foi ou é mais barato que a gasolina). Embora não possa ser expressado em números diretamente, institutos de pesquisa demografica e associações do comércio disponibilizam de gráficos que ilustram crescimentos de consumo em certos produtos.
Valores quantitativos: valor expressado diretamente em número, existem diversas razões para o preço se mover influenciado por este fator. Para que seja simples o raciocinio, quebramos este fator em oferta e demanda.
Oferta: é quanto um fornecedor está disposto a oferecer ao mercado, a um determinado preço. A relação entre a quantidade produzida e o preço que o mercado está disposto a pagar pelo produto, depende de vários factores, que são determinantes para a maior ou menor rigidez da função que estabelece a relação entre a variação do preço e a variação da respectiva quantidade oferecida.
Demanda: é a quantidade de produto, que o mercado está disposto a consumir, a um determinado preço. As relações de variação entre preço e quantidade, dadas pela função procura, são igualmente válidas, conforme descrito para função oferta (demanda).

Situações de Mercado

Existe no entanto, situações onde o mercado age de maneira diferente do explicado acima. Devido a isso, devemos ir mais adentro da lei e nos concentrarmos nas decisões de cada uma das partes, principalmente a oferta.
A oferta: pode aumentar ou diminuir de preço conforme aumenta a quantidade.
A oferta pode sim agir para os dois lados, e é inevitável que seja analisado junto com a demanda para um integro entendimento.
A oferta aumenta a quantidade para que seja atendida toda a demanda.
A oferta deve aumentar os preços até se igualar a demanda, pois ela precisa produzir mais, e para ter uma produção crescente deve-se ter um lucro crescente.(este fenomeno é a causa número um de inflação).
Ao se igualar com a demanda a oferta reduz seus preços (deflação). Quando a demanda fica inferior, a oferta reduz mais os preços para que haja um ponto de entendimento caracterizado pelo cruzamento das linhas.

Teorias do Valor de um Bem

Há teorias divergentes, quanto a forma como se chega ao valor de equilibrio para um bem. Dentre elas encontram-se:
• Teoria do valor-utilidade: visao utilitarista, pra quem o valor de um bem se forma pelo lado da demanda, pela satisfação que o bem representa para o consumidor.
• Teoria do valor-trabalho: o valor de um bem se forma pelo lado da oferta, mediante os custos do trabalho incorporado ao bem e o tempo gasto na produção.

Conclusão

Em suma, a lei da oferta e demanda sugere que quem determina o preço são os consumidores, numa estrutura de mercado perfeito, de concorrência monopolística ou de oligopólio não cooperativo. Se estivermos em presença de uma estrutura de mercado, de oligopólio cooperativo (cartel) ou monopólio, tal situação não se verifica, casos em que a oferta do mercado é o da industria que detém o monopólio ou das poucas industrias que detêm o oligopólio cooperativo. Eles decidem quanto querem comprar e a que preço, e os fornecedores só podem é concordar com as exigências e decidem quanto vale a pena produzir para vender ao preço dado pelo consumidor. Para um entendimento mais profundo, considere as linhas do gráficos como uma pessoa(demanda) e um cachorro(oferta), a oferta sempre vai se aproximar da demanda a fim de vender seu produto. A decisão dos donos das indústrias é baseada nestes gráficos, nos planos da concorrência, épocas do ano(ventiladores, ar condicionado, aquecedor), fatores culturais, geográficos, e ambientais. Estes assuntos não são propriedade deste tópico, mas todos que querem compreender mais sobre economia devem procurar informações sobre.



Por - Idaildo Souza

19 de fev de 2013

TJ de Roraima abre concurso para 23 vagas em cartórios.

O Tribunal de Justiça do Estado de Roraima abriu concurso público para 23 vagas para titulares de cartórios de notas e registros do estado. Do total das vagas, 5% são reservadas para deficientes. A remuneração varia de acordo com os serviços prestados.
O candidato deve ter diploma de bacharel em direito ou ter exercido função em serviço notarial ou de registro por 10 anos.
As inscrições podem ser feitas no período de 29 de janeiro e 27 de fevereiro pelo site
Todos os candidatos serão chamados a escolher a serventia, quando da realização da audiência pública de escolha das serventias, obedecendo-se rigorosamente a ordem de classificação final.
Fonte: G1

PREFEITURA DE BRASILEIA/AC REALIZA PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA.


De acordo com o EDITAL Nº 001/2013/PMB/SEMCAS DE 15 DE FEVEREIRO DE 2013, publicado no Diário Oficial do Estado em 19/02/2013, a prefeitura  estará realizando processo simplificado para contratação temporária de profissionais para os cargos de: Assistente Social, Psicólogo, Pedagogo, Orientador Social, Facilitador de Oficinas e Educador Social, visando atuarem nos programas: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, Centro de Convivência do Idoso – CCI, Programa Projovem Adolescente, Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil – PETI e Índice de Gestão Descentralizada do Programa Bolsa Família IGD.
O processo seletivo constará de duas etapas e contratará profissionais de nível médio e superior, com salários de R$ 678,00 a R$ 2.500,00.
Para efetivar a inscrição o candidato deverá: Preencher e entregar o formulário de inscrição disponível na SEMCAS - Secretaria Municipal Cidadania e Ação Social de Brasiléia, juntamente com a cópia dos documentos pessoais (Carteira de Identidade, Cadastro de Pessoa Física- CPF e Comprovante de Endereço atualizado).




14 de fev de 2013

Sena Madureira abre processo seletivo.


A prefeitura de Sena Madureira, por meio da Secretaria Municipal de Educação lançou nesta quinta-feira (14) no diário oficial do estado edital nº 01/2013 que trata sobre a abertura de um processo seletivo simplificado, visando à contratação de 150 professores que irão atuar nas escolas das zonas urbana e rural da cidade.
O quadro de vagas encontra-se distribuído da seguinte forma:
Professor do Ensino Infantil  (18 vagas para a zona urbana e 02 para a rural)
Professor do 1º ao 5º ano (60 vagas para a zona urbana e 40 para a rural)
Professor do 6º ao 9º ano (10 vagas para a zona urbana e 15 para a rural)
Professor para Atendimento Educacional Especializado (05 vagas para a zona urbana). Das vagas existentes, 5% são destinadas para deficientes físicos. No ato da inscrição declarar ser deficiente físico.
Os cargos exigem nível médio completo (Magistério) e nível superior. As inscrições serão feias nos dias 15, 16 e 18 de fevereiro, no núcleo da Universidade Federal do Acre (UFAC), situado à Rua Monsenhor Távora, no período de 8 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas. O candidato não pagará taxa de inscrição.
É necessário apresentar no ato da inscrição: Currículo atualizado e comprovado, contendo fotocópias dos documentos correspondentes ao cargo a que concorre.
Fotocópia do diploma de ensino médio, pedagogia e demais licenciaturas, autenticado em cartório; Fotocópia do documento oficial de identidade (RG ou CNH), fotocópia do cadastro de pessoa física (CPF).
Remuneração
O professor Nível médio Magistério receberá um salário de 804 reais. Já o professor de nível superior Pedagogia receberá um salário de 1.061,28 reais. O prazo de validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogado pela secretaria municipal de educação por igual período.
O processo seletivo simplificado será de fase única: Análise de currículo, de caráter eliminatório e classificatório.
De acordo com a secretária municipal de educação, Wanda Mota, desde o inicio do ano vem sendo feito um levantamento nesse sentido. “Foi feito um diagnóstico com muito cuidado e percebemos a necessidade que há. O processo seletivo virá para suprir essas demandas, fazendo com que o ano letivo transcorra dentro do planejado. O prefeito Mano Rufino tem recomendado muito isso e demonstrado que objetiva priorizar a educação do município ”, salientou.
Mediante esse processo, as aulas na rede municipal não irão começar na segunda-feira (18). Uma nova data está sendo estudada e será divulgada posteriormente.
O edital completo do processo seletivo poderá ser acessado através do site: www.diario.ac.gov.br.


Fonte: AC24Horas.

Prefeitura de Seringueiras, Rondônia, está oferecendo 67 vagas de níveis médio/magistério e superior


A Prefeitura de Seringueiras, estado de Rondônia, publicou através do Diário Oficial do Estado, edital 001/2013 de processo seletivo. O certame é destinado ao provimento de 67 vagas, em cargos de níveis médio/magistério e superior, com salário de até R$ 7.400,00.
Fica estabelecido o percentual de 1% das vagas reservadas aos portadores de deficiência, para os cargos cuja atribuição lhe seja compatível, nos termos estabelecidos pela legislação vigente.
Cargos
Professor (Pedagogo, Letras, Educação Física, Matemática, Biologia e Nível Médio), Psicólogo, Nutricionista, Assistente Social, Médico ( Clínico Geral, Pediatra e Ginecologista), Odontólogo e Enfermeiro.

Inscrições

A inscrição deverá ser efetuada gratuitamente até o dia 15 de fevereiro de 2013, na Secretária Municipal de Educação – SEMEC, situada na Av. Jorge Teixeira, 1.118 – Centro – Seringueiras-RO, das 7:30 as 13:00 horas, de segunda a sexta-feira, exceto, sábado, domingo e feriado.


Deverão ser entregues no ato da inscrição os seguintes documentos:
Cédula de Identidade Civil ou Profissional;
Certificado ou declaração de término pela faculdade com o histórico com habilitação no curso correspondente;
Comprovante de residência atualizado;
Os demais documentos (Certificados) para avaliação de títulos para pontuação.

Provas
O processo seletivo será constituído de análise de títulos.

A classificação definitiva dos candidatos será divulgada provavelmente no dia 28 de fevereiro de 2013, no mural da Prefeitura, da Câmara municipal e no Diário Oficial do Estado de Rondônia.
Validade
O processo seletivo será válido por 06 meses, a partir da publicação do decreto de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com a necessidade da administração.



Fonte: CnB

Prefeitura de Alto Paraíso, Rondônia, vai preencher 46 vagas de níveis fundamental e superior.


Em Rondônia, a prefeitura do município de Alto Paraíso disponibilizou o edital nº. 001/2013 para realização de processo seletivo. A intenção é preencher 46 vagas de níveis fundamental e superior, com salário de até R$ 1.551,81, por jornada de trabalho de 20 e 40 horas semanais.

Cargos

Os postos com vagas são Monitor de Transporte Escolar e Professor. Vale ressaltar que ficam reservadas 5% das vagas efetivamente ocupadas para portadores de necessidades especiais.

Inscrição

Os interessados terão até o dia 15 de fevereiro de 2013 para se inscrever no site www.altoparaiso.ro.gov.br. Os candidatos que não tiverem acesso à internet deverão procurar o Departamento de Recursos Humanos e/ou Secretaria Municipal de Educação, para efetuar a inscrição, das 07:30 às 13:30 e das 15:30 às 17:30.
A taxa de inscrição é de R$ 10,00 (ara o cargo de Professor 20 horas e Monitor de Transporte Escolar) e R$ 20,00 (para o cargo de Professor 40 horas).

Prova

A prova objetiva será aplicada na data provável de 24 de fevereiro de 2013, na sede da Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio Rogério da Silva Gonçalves, situada à Rua Paulo VI nº 4600, Bairro Rota do Sol, com início às 08:00 horas e término às 12:00horas.
O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 28 de fevereiro de 2013 e a validade do processo seletivo será de 10 meses a partir dessa data prevista.



Com informações: CNBrasil

Prefeitura de Anamã, Amazonas, oferece 51 vagas para Professores.

O prefeito do município de Anamã, no Amazonas, disponibilizou oficialmente o edital de processo seletivo que vai preencher 51 vagas de nível superior na função de Professor de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. O vencimento pode chegar a R$ 1.113,93, com carga horária de 20 horas semanais.
As inscrições, no valor de R$ 20,00, serão realizadas no período entre o dia 22 e 25 de fevereiro de 2013, através do site www.arcosistemas.com.br/anamaPSS2013.
O formulário de inscrição juntamente com os documentos comprobatórios, poderão ser encaminhados no período de 22 a 26 de fevereiro de 2013 via SEDEX ou carta registrada com aviso de recebimento para a Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado na Secretaria Municipal de Educação – SEMED – localizada na Rua Álvaro Maia nº 38 – Centro – Anamã-Am; – CEP: 69445-000.
Documentos a serem enviados:
Curriculum Vitae;
Comprovante do Documento exigido como Requisito Básico para o Cargo do qual está inscrito;
Declaração ou comprovante de experiência profissional na docência (se possuir);
Documentos para pontuação de títulos (se houver);
Documento Oficial de Identidade (via original com foto).
O certame será constituído de análise de Curriculum Vitae.
A validade do processo seletivo será de 10 meses de efetivo trabalho, que corresponderá a 200 dias letivos, acrescidos dos dias do ano escolar, podendo ser prorrogado por igual período, a partir do novo ano escolar de 2014.


Com informações: CNBrasil

Em Rondônia o MP abre 10 vagas para promotor.


O Ministério Público do Estado de Rondônia abriu concurso público para 10 vagas e formação de cadastro reserva para o cargo de promotor de Justiça substituto. Do total de vagas, uma é reservada aos candidatos com deficiência. O salário é de R$ 20.626,15.
Para concorrer, os candidatos devem ter concluído o curso de bacharelado em direito e ter exercido, no mínimo, três anos de atividade jurídica.
O período de inscrição preliminar vai do dia 15 de fevereiro ao dia 18 de março, exclusivamente pelo endereço eletrônico (Veja o Edital Aqui). A taxa de inscrição é R$ 180,00.
Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva preambular, provas escritas discursivas, inscrição definitiva, exame psicotécnico, investigação social, provas orais e ainda avaliação de títulos.
A prova objetiva preambular está prevista para ser aplicada no dia 26 de maio. Já as provas escritas discursivas devem ocorrer nas datas prováveis de 28, 29 e 30 de junho. Todas as fases do concurso, inclusive a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência, serão realizadas na cidade de Porto Velho (RO).

Fonte: G1

Concurso Em Rondonia a Prefeitura e Câmara do Município de Pimenteiras do Oeste abre vagas.


A Prefeitura e a Câmara Municipal de Pimenteiras do Oeste, no Estado de Rondônia, divulgaram o edital n° 006/2012, que abre concurso público para o provimento de 126 vagas. Do total de oportunidades, 88 são  imediatas e 38 serão inclusas no cadastro de reserva, em cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários podem chegar até R$ 6.800,00, em carga horária de 20 a 40 horas semanais.
Inscrições
As inscrições foram reabertas e serão feitas até às 21:59 horas do dia 28 de fevereiro de 2013, através do endereço eletrônico do organizador Instituto Exatus Ltda – ME (Acesse o Edital Aqui).
A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo escolhido, sendo R$ 30,00 para nível fundamental, R$ 50,00 para cargos de níveis médio e técnico, e  R$ 70,00 para cargos de nível superior.
Provas
As provas escritas estão previstas para os dias 24 de março de 2013 e 31 de março de 2013, em locais a serem definidos pelos organizadores do concurso público. Os locais da prova escrita e a Homologação das Inscrições serão divulgados no dia 08 de março de 2013.
O resultado parcial da prova escrita está previsto para ser divulgado no dia 10 de abril de 2013, nos murais da Prefeitura e da Câmara Municipal de Pimenteiras do Oeste e no endereço eletrônico www.institutoexatus.com.
A prova prática será realizada na data provável de 14 de abril de 2013, em locais e horários que serão posteriormente definidos no edital de convocação da prova prática, a partir do dia 10 de abril de 2013.
O resultado parcial da prova prática está previsto para ser divulgado no dia 15 de abril de 2013, da mesma forma que o resultado da prova escrita.
Cargos da Prefeitura de Pimenteiras do Oeste
Secretaria Municipal de Educação:
Professor Pedagogo – Séries Iniciais do Ensino Fundamental, Professor Pedagogo – Cuidador, Professor Lic. Em Educação Física, Técnico de Desenvolvimento Escolar – Supervisor Escolar, Técnico de Desenvolvimento Escolar – Orientador Educacional, Técnico de Nível Superior – Nutricionista, Técnico de Nível Superior – Biblioteconomista, Agente Educacional – Monitor de Música, Técnico de Informática, Agente Administrativo, Agente de Serviços – Inspetor Educacional, Agente de Serviços – Zeladora, Agente de Serviços – Merendeira, Agente de Vigilância, Agente Operacional I – Motorista Veículos Leves e Agente Operacional II – Motorista Veículos Pesados.
Outras Secretarias:
Técnico de Nível Superior – Contador, Assessor Jurídico,  Assistente Social, Psicólogo, Pedagogo, Controlador Geral do Município, Fisioterapeuta, Procurador Jurídico, Agente de Gestão Pública – Agente Administrativo, Agente de Gestão Pública –Técnico de Informática, Fiscal Municipal – Fiscal, Agente de Serviços – Auxiliar de Serviços Gerais,  Agente de Serviços – Cozinheira/Merendeira, Agente de Serviços – Zeladora, Agente de Serviço Social – Sócio Educador, Agente de Vigilância, Agente Operacional I – Motorista de Veículos Leves,Agente Operacional II – Motorista de Veículos Pesados, Agente de Manutenção – Mecânico,Agente de Manutenção – Borracheiro, Agente de Manutenção – Eletricista, Agente de Infraestrutura I – Operador de Trator de Pneu, Agente de Infraestrutura I – Operador de Pá Carregadeira, Agente de Infraestrutura I – Operador de Retroescavadeira, Agente de Infraestrutura I – Operador de Trator de Esteiras e Agente de Infraestrutura II – Operador de Motoniveladora.
Secretaria Municipal de Saúde:
Técnico de Nível Superior – Contador, Médico Veterinário, Odontólogo, Farmacêutico, Bioquímico, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Biomédico, Fonoaudiólogo, Especialista em Saúde – Médico Clínico Geral,  Especialista em SaúdeI – Médico Ginecologista, Especialista em Saúde – Médico Pediatra,  Agente Administrativo, Técnico de Saúde – Técnico de Enfermagem, Técnico de Saúde – Técnico de Radiologia,  Técnico de Saúde – Técnico de Laboratório, Técnico de Saúde – Técnico em Higiene Dental, Agente de Vigilância, Agente de Serviços – Cozinheira, Agente de Serviços – Zeladora, Agente de Serviços – Auxiliar de Serviços Gerais, Agente Operacional – Motorista de Veículos Leves e Agente Operacional – Motorista de Veículos Pesados.
Cargos da Câmara de Pimenteiras do Oeste
Contador, Procurador Jurídico, Controlador Geral, Agente de Gestão Pública – Agente Administrativo, Agente Operacional I – Motorista de Veículos Leves, Agente de Serviços – Zeladora e Agente de Vigilância – Vigia.


Fonte: Concursos no Brasil