24 de fev de 2012

ELETROBRAS - ACRE!!!

Justiça seja feita!!!

Segundo o AC24 Horas, publicada em 24 de fevereiro de 2012 - 1:56:59 -  com infromaçoes Da agência de Notícias do TJ/ACA, Vara Cível da Comarca de Senador Guiomard condenou a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre) ao pagamento de R$ 8 mil de indenização por danos morais a Vivino Alves Rodrigues, em virtude de uma cobrança indevida de um montante de mais de 17 mil reais.
Segundo os autos do processo nº 0501551-44.2011.8.01.0009, a empresa teria cometido um equívoco ao trocar o medidor de energia elétrica de Vivino Rodrigues. Na ocasião, os funcionários haviam alegado que existia furto de energia naquela unidade consumidora, vez que trocaram o medidor velho por um novo (eletrônico).
O requerente ingressou com a ação, reclamando “a situação vexatória sofrida”. Os funcionários da companhia elétrica, por sua vez, argumentaram que estavam autorizados pela lei, já que o autor era suspeito de furto de energia e que, se ele não se conformasse, iriam chamar a polícia.
O caso
Em novembro de 2011 o requerente recebeu um comunicado e uma fatura de R$ 17.453 mil, com data de vencimento em dezembro de 2011. Por considerar o valor abusivo, Vivino não efetuou o pagamento e recebeu novo aviso de que, caso não pagasse, o fornecimento de energia seria suspenso no prazo de 15 dias. A data coincidira com o período natalino, 24 de dezembro.
Decisão
Titular da unidade judiciária, o Juiz Afonso Braña decidiu conceder a liminar, determinando que a Eletroacre “se abstenha de interromper o fornecimento de energia na unidade consumidora, em razão de supostos débitos, sob pena de multa diária de R$ 500, a serem revertidos em favor do autor. Ele também determinou o cancelamento da fatura cobrada de R$ 17.453 mil.
“Deve-se levar em conta a culpabilidade e situação econômica do indenizante, de modo que não lhe seja exorbitante a reparação, mas também com vistas a não torná-la insignificante, pois certamente tem caráter de reprimenda e intuito coercitivo para evitar novas ocorrências”, diz a decisão do juiz.
Afonso Braña também ponderou que “a indenização também não deve ser fonte de enriquecimento sem causa nem de ganhos abusivos ou desproporcionais para o indenizado, não podendo ser a dor convertida em instrumento de captação de vantagem.”


Essa situaçao mostra que com o dom da paciencia é possível festejar a verdadeira justiça, afinal, o sistema Eletrobrás e um dos recordista de reclamaçoes de abuso contro o consumidor.



IDAILDO SOUZA

PONTO FACULTATIVO PARA AMPLIAR SOLIDARIEDADE!!!

Cinte da necessidade de fortalecer o movimento solidário para com as pessoas desabrigadas na alagaçao, o governo do Estado decretou ponto facultativo na quinta-feira, 23 e prorrogou para sexta-feira, 24. 
O maior objetivo é disponibilzar maior contingente de pessoas que possam voluntarizar-se e colaborar com o trabalho de ajuda às famílias atingidas pela cheia do Rio Acre.
Vamos todos para colaborar, afinal, solidariedade nessa hora é importante!!!!!



IDAILDO SOUZA

CULPA DA NATUREZA

Olá amigos,

Ausente e compartilhando do sofrimento de centenas de familias atingidas pela cheia do Rio Acre na cidade de Rio Branco, além da cheia de outros Rios em outras regioes do nosso Acre querido, volto para declarar meus lamentos, dada a situaçao.

Realmente é o momento de solidariedade para com aqueles que foram retirados forçosamente de suas moradias pela alagaçao.

Vou continuar na expectativa de que tal situaçao normalize-se, afinal, todos sentiremos no bolso o pós enchente!!!



IDAILDO SOUZA

18 de fev de 2012

PARABÉNS ALUNOS !!!!!!!

Frutos de uma experiencia única, os novos Economistas formados nos 15 municípios do Estado do Acre (exceto na capital), merecem votos de sucesso e um saudoso PARABÉNS !!!!

Iniciado em 2007, apenas no fim de 2010 diversos alunos obtiveram o titulo de Bacharel em Ciências Econômicas.

Agora, é usufruir do titulo e deixar o ostracismo de lado, afinal, bom profissional deve ser atuante e manter-se atualizado. 

Lembrem-se que a profissão não é menos exigente do que outras como: medicina, advocacia, etc.

Não  menos merecido é o saudoso parabéns para todos os professores com colaboraram diretamente com a formação desses novos profissionais. São todos heróis (alunos e professores). Apenas os envolvidos no processo sabem que são, dada as condições adversas que foram enfrentadas.

Sucesso!!!!


Prof. IDAILDO SOUZA